Educa News

Projeto realiza aulas remotas de capoeira e musicalidade durante a pandemia

A cultura, a educação e o esporte não podem parar no período de distanciamento social. Com essa visão, o projeto Capoeiragem Mirim, que atende 100 crianças e adolescentes de Salvador e Camaçari de forma gratuita tem realizado uma série de ações para manter as atividades. Com patrocínio da Braskem e secretarias da Fazenda e de Cultura, por meio do Fazcultura, a iniciativa, desenvolvida pelo Instituto CTE Capoeiragem, promove atividades integradas a diferentes artes.

“Nesse período em que todos estão em casa, é importante que levemos a cultura e conhecimento para nossos alunos, além de momentos lúdicos para enfrentar de forma mais leve o isolamento social”, pontua Mestre Balão, presidente do Instituto.

A equipe de professores disponibiliza semanalmente uma vídeo aula e interage com a criançada para tornar esse período mais descontraído. “Tenho cinco filhos que estão no Capoeiragem Mirim. Sou mãe de artista, bailarina e pintor e estou quase ficando maluca com todos eles em casa, mas eles têm acompanhado as aulas online, ansiosos para voltarem às aulas presenciais, porém, evoluindo em casa. Um dos meus filhos está até dando ‘mortal’, que antes não dava”, conta Fernanda de Souza Leão Loureiro.

Solidariedade

As famílias das crianças e adolescentes atendidos pelo projeto também são auxiliadas nesse momento de pandemia. “Temos um laço de amor com esses jovens e para nós não está sendo fácil esse momento, ainda mais sabendo que muitos deles dependem das refeições que promovemos”, conta Mestre Balão, que em março iniciou a campanha “Capoeira Solidária: Doe para quem precisa”.

Com a iniciativa já foram entregues 174 cestas, das quais 100 kits de higiene pessoal e limpeza doados pela Braskem. A campanha é apoiada pelo programa de Voluntariado da Braskem.

As doações podem ser realizadas através da conta do Instituto CTE Capoeiragem – Banco Bradesco AG: 3673, C/C 044883-4, CNPJ: 21.033.938/0001-88. “Essa é a nossa missão. Educação, cultura, esporte e solidariedade, com a confiança que tudo isso vai passar e logo todos estaremos unidos e mais fortes”, diz Mestre Balão.

 

FONTE: http://atarde.uol.com.br/bahia/noticias/2127836-projeto-realiza-aulas-remotas-de-capoeira-e-musicalidade-durante-a-pandemia

Compartilhe com seus amigos

Deixe seu comentário