Aparecida Luiza de Souza Ferreira

Aparecida Luiza de Souza Ferreira nascida no ano de 1981, na cidade de Anápolis, onde passou sua infância com seus pais e, desde pequena, já tinha em mente abrir seu próprio negócio.

Mesmo seus pais sendo analfabetos e não tendo boas condições, ela não desistiu de seus sonhos, pois tinha em mente uma frase que lhe deu persistência para continuar: “só conseguimos tudo na vida com um grande esforço”. Dos 12 aos 18 anos, teve seu primeiro emprego que foi na casa de uma família trabalhando como babá, logo depois procurou uma oportunidade melhor levando seus currículos para as empresas e indústrias farmacêuticas, pois essa era a área em que ela atuava.

Tempos depois, foi chamada para fazer entrevistas na Kinder (indústria farmacêutica), onde foi seu segundo emprego. Nessa empresa, ela passou a enxergar como ser uma farmacêutica industrial. Ela se espelhava em pessoas que lutavam, não tinha especificamente alguém, mas sim várias pessoas.

Até que um dia, pensou em abrir seu próprio negócio já com as condições melhores, então, abriu uma lanchonete que hoje é chamada “lanchonete Pisa no Freio” que se faz referência, em Goiás, para outras lanchonetes. Após abrir, se tornou uma microempreendedora, mas, como nada é fácil, sempre tinham aquelas pessoas do contra que falavam que nada ia dar certo e ela ficava desmotivada, mas em compensação, tinham aquelas que motivavam e isso lhe ajudou a continuar.  No começo de seu trabalho, sua mãe veio a falecer e ela pensou até em desistir, pois, para ela nada mais tinha sentido, foi quando colocou “Deus” em primeiro lugar e em segundo sua família, mas, para isso, teve que deixar seu sonho de ser farmacêutica.

Assim, ela viu que tinha dom, gostou do que estava fazendo, mas quando viu que a lanchonete estava dando muito lucro, abriu outra lanchonete e para ela liderar essas duas lanchonetes era uma responsabilidade de comandar e influenciar pessoas de forma positiva.

Atualmente, Aparecida é uma empreendedora individual e proprietária das demais cinco lanchonetes espalhadas pela cidade.

Com isso tudo, suas lanchonetes estão há seis anos em pleno desenvolvimento, todas sob a administração de Aparecida, que considera gratificante  saber que começou com uma lanchonete e hoje chega a cinco.  Para ela foi difícil, porque a partir do momento em que você é uma empreendedora, você não é patroa e sim funcionária. Porque sem os fregueses não vamos ter como avançar, então, eles entram no lugar dos patrões, porque eles que te lideram e isso tudo perante ela.

E ela nos deixa uma dica dizendo que a criatividade é tudo, pode nos levar ao sucesso de um grande negócio ou até uma grande carreira como hoje, ela, que é salgadeira e aprendeu com os longos anos de vendas e a necessidade. Outra dica para abrir um negócio e ter uma carreira bem-sucedida, é que você tem que ver em primeiro lugar se tem o dom para o que deseja abrir e precisa ser um administrador, tanto na área financeira como nas atividades exercidas. E por último, ter paixão pelo que faz.

Ela ainda diz que não realizou todos os seus sonhos e pretende ainda terminar a faculdade de farmacêutica que não concluiu, porque saiu para abrir seu próprio negócio. Mesmo ela sendo uma proprietária de lanchonete, pretende fazer uma faculdade de arquitetura e, se Deus quiser, quem sabe um dia abrir outro negócio. Atualmente, a lanchonete ocupa o segundo lugar como a melhor de Goiás, com vários troféus e medalhas pela administração e empreendedorismo da empresa.

E ela nos deixa uma lição de vida, dizendo: “vá à luta, nunca desista ainda que venham as dificuldades, com persistência e humildade você consegue, e sempre coloque Deus acima de tudo”.

 

Instrutora: Regiane Machado Borges
Jovem: Daniel de Souza Ferreira | Igor Pereira Machado | Matheus Henrique Ferraz da Silva
Empreendedora Entrevistada: Aparecida Luiza de Souza Ferreira

Compartilhe com seus amigos

Deixe seu comentário